Incrível: empresa cria aplicativo de celular e populariza a dieta do DNA

Tempo de leitura: 3 minutos

Dieta do DNA, o termo não é novo.

Para ser mais exato desde a descoberta do código Genoma em 2003, muito já vem se fazendo para o corpo às necessidades alimentícias.

Agora você vai ver como poderá usar o seu telefone celular para fazer a dieta do DNA

 

 

Trata-se da nutrigenômica, a ciência que estuda a alimentação com base em dados do DNA do individuo.

A novidade é que o que antes era restrito a estudos e pesquisas de centros especializados, agora está cada vez mais popular.

Dieta do DNA vai utilizar aplicativo de celular

 

 

Uma empresa norte-americana acaba de criar um aplicativo que vai sugerir a dieta a partir dos dados do DNA de quem está em busca do emagrecimento.

O aplicativo de nome Lose It já é conhecido por rastrear o que você está comendo, através de foto enviadas pelo celular.

Agora a ferramenta foi mais além: acaba de disponibilizar o recurso embodyDNA. 

Como emagrecer com a dieta do DNA?

 

 

Por U$ 189,99 o usuário recebe um kit para coleta de material genético.

Após dois meses, a empresa envia um plano de eliminação de peso baseado no DNA do cliente.

Os exames serão feitos com apoio de um laboratório especializado, parceiro do aplicativo.

Descubra seu histórico familiar e emagreça

 

 

Por meio do mapeamento, de acordo com a empresa, será possível traçar até mesmo um plano de exercícios físicos.

Algo semelhante já acontece com os jogadores de futebol, que utilizam aparelhos para coletar dados do corpo durante uma partida de futebol.

Com o rastreamento é possível identificar com antecedência o risco de lesões por estresse da musculatura.

Entenda a nutrigenômica e o que ela pode fazer por sua alimentação

 

Há muito tempo profissionais ligados à fitoterapia trabalham com conceitos de cura por meio de plantas e alimentos.

Agora isso já é tecnicamente possível.

Nos Estados Unidos, alguns profissionais têm indicado dietas específicas, baseados no conceito da nutrigenômica.

Os testes estão sendo feitos em indivíduos com predisposição genética para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares.

Diabetes do tipo 2 e alguns tipos de câncer também estão na lista das doenças que poderão ser combatidas através da nutrigenômica.

E no Brasil, quando a dieta do DNA vai se popularizar?

 

A a dieta do DNA não deve demorar para se popularizar por aqui.

Em 2015 a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, em colaboração o Innovation Fund Denmark lançou um chamado para estudo neste sentido.

A cooperação envolvia a liberação de U$ 4 milhões para o atendimento de quatro propostas de pesquisa em ciência dos alimentos.

Os recursos servirão para cobrir despesas de viagens e gastos com material de consumo e equipamentos.

O tempo determinado pelo edital foi de 48 meses.

Ou seja, os resultados em meados de 2019.

Quais são as Vantagens da dieta do DNA?

 

 

Profissionais que defendem a Dieta do DNA já estão até mesmo usando o recurso.

Para muitos o artifício vai proporcionar a criação de um plano dietético certeiro capaz de atender as necessidades de cada pessoa.

A prevenção de doenças, a diminuição de gastos com medicamentos e até mesmo a longevidade, estão na lista da defesa.

E Quais são as desvantagens da dieta do DNA?

 
Alguns nutricionistas afirmas que detalhar uma dieta pelo perfil genético vai encarecer o regime.
Para eles, indivíduos de baixa renda em países em desenvolvimento ficarão de fora, o que vai desequilibrar as chances de tratamento e cura de várias doenças.
Mas o certo mesmo é que o lançamento do embodyDNA soa como um passo inicial em um caminho que não tem volta.
Uma vez quebradas as barreiras econômicas, o ganho para a humanidade tem tudo para ser imensurável.
Gostou deste artigo? Compartilhe com seus amigos…E até o próximo post!👧 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *