Hipertensão arterial em jovens aumenta e eu nem sabia disso!

Tempo de leitura: 2 minutos

Hipertensão arterial atinge 1 em cada 10 jovens brasileiros. Muitos nem sabem disso.

Sim, segundo o Ministério da Saúde, cerca de 10% da população entre 25 a 34 anos tem diagnóstico de hipertensão arterial e esse índice sobe para 19% na faixa etária dos 35 aos 44 anos.
Ao contrário do que a maioria pensa, a hipertensão arterial não está relacionada apenas aos idosos, embora a incidência seja maior. Com os desafios da modernidade, muitas mudanças ocorreram nesse cenário.
“O aumento da incidência de hipertensão entre jovens está muito relacionada à obesidade e ao sedentarismo, que estão crescendo no Brasil. Como a doença costuma ser assintomática, principalmente entre os jovens, muitos demoram a descobrir”, diz Roberto Kalil Filho, diretor do Centro de Cardiologia do Hospital sírio-libanês.

Atenção a alguns alertas do corpo

Embora silenciosa,  a hipertensão arterial pode dar alguns sinais de que as coisas não estão muito favoráveis.

 

Muitas vezes não damos atenção aos sinais que o corpo oferece porque a maioria das pessoas sentem a mesma coisa, e portanto, torna-se comum. E o que é comum passa a ser normal.

Mas você já parou para pensar nisso? Será que o comum é normal?

 

Onde estou?

Já ouviu falar do poder do meio, que somos média das 5 pessoas com as quais mais convivemos?

Acredito que isso é válido para todas as áreas da nossa vida e na verdade faz muito sentido.

É o poder da comunidade. Nós, naturalmente, somos influenciados pelo meio em que vivemos e tudo que ali é feito é natural e inquestionável. Já reparou?

Se é certo ou não? Cada um deve fazer sua avaliação e decidir se está de acordo com seus princípios e valores e se vão te levar aos seus objetivos!

Mas uma coisa é certa, se você andar,  por exemplo, com pessoas que gostam de comer e beber muito, adivinha quais serão seus convites e propostas de passeios: churrascarias, baladas, festas, mesa farta de guloseimas, e por outro lado, se andar com atletas e pessoas com estilo de vida ativo  e saudável suas sugestões certamente te tirarão do sofá e da mesa. A escolha é pessoal e intransferível e vai determinar seus hábitos e consequências futuras, principalmente de saúde e bem estar.

 

Prejuízos da hipertensão arterial

 

Prudência e moderação são palavras de lei para nossa saúde. A cardiologista do núcleo de hipertensão arterial do Sírio Libanês, Juliana Gil de Moraes diz que a adoção de hábitos de vida mais saudáveis é essencial mesmo nos casos em que a doença também tem um componente genético. “É preciso combater o excesso de peso, evitar alimentos ricos em sal e praticar exercícios com regularidade”, recomenda.

O poder da escolha está em nossas mãos, então conhecer para evitar e se proteger é a nossa sugestão.

Para saber mais:

https://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/estado/2017/04/26/um-em-cada-dez-jovens-brasileiros-sofre-de-hipertensao-arterial.htm

http://globoesporte.globo.com/eu-atleta/saude/noticia/hipertensao-atinge-20-a-30-da-populacao-brasileira-adulta-veja-as-maiores-causas.ghtml

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *